Copa Gastronômica em São Paulo foi um sucesso

Copa Gastronômica São Paulo 2012

Parte do time de 15 superchefs que foi responsável pelo jantar

A segunda etapa da Copa Gastronômica Gols pela Vida, realizada no dia 12 de agosto de 2012, em São Paulo, foi um sucesso. O concerto regido pelo maestro curitibano Norton Morozowicz e os 15 superchefs de cozinha responsáveis pelos pratos servidos levaram uma verdadeira multidão à tradicional Sala São Paulo.

As quatro aulas-show – com os chefs Rodrigo Oliveira, Carla Pernambuco, Roberta Sudbrack e Claude e Thomas Troisgros – tiveram todas lotação máxima, com cerca de 150 participantes cada uma.

Entre o público – estimado em aproximadamente 2 mil pessoas – estavam amantes da boa música e fãs da cozinha de qualidade, todos ligados pelo mesmo objetivo: o apoio à causa social representada pelo Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe. O projeto, viabilizado pela Lei Rouanet e com 38 patrocinadores, teve toda renda revertida para as pesquisas feitas pela instituição.

Após o concerto, não precisava andar muito pelos corredores da Sala São Paulo para se deparar com elogios ao virtuosismo da Orquestra Sinfonia Brasil. Sucesso que se repetiu nas longas filas em frente aos quiosques. O cardápio, bastante elogiado pela mídia especializada que compareceu ao evento, foi muito disputado. Faziam parte do menu desde pratos mais “experimentais” – como o lombo de sardinha, do espanhol Ignacio Echapresto, e o coração de palmito com vieira, do também espanhol (radicado na França) Iñaki Aizpitarte – até o tradicionalismo de receitas – como o baião de dois, de Rodrigo Oliveira, e o barreado, de Celso Freire.

“Não tenho palavras para exprimir”, resumiu o padrinho do evento, o chef Claude Troisgros, francês que mora no Brasil há mais de 30 anos. “Mas essa causa nobre se tornou pessoal para mim, desde que conheci o Pequeno Príncipe”, acrescentou. Voilà, chef!