Baião de Dois

Essa tradicional receita nordestina é de origem cearense e comemora a dança folclórica do baião, que originou também a música de Luís Gonzaga. Unindo nossos amados feijão e arroz, o prato é geralmente preparado em conjunto com carne-seca e um gostinho extra de molho de pimenta – o coentro garante o gosto de frescor. É uma deliciosa alternativa para o uso de feijão novo ou do caldo restante de feijão já preparado. Essa fantástica viagem ao sertão vai garantir água na boca de todos na mesa!

Baião de DoisINGREDIENTES

Para o preparo do arroz:
1 kg de arroz
50 g banha de porco
50 g de manteiga-de-garrafa
5 dentes de alho
3 folhas de louro
5 g de colorau
Caldo de galinha ou legumes
Sal a gosto

Para a montagem :
1 kg de feijão fradinho cozido e escorrido
300 g de carne-seca dessalgada, cozida e desfiada
150 g de toucinho defumado em cubos
150 g de linguiça defumada em cubos
150 g de queijo-de-coalho
5 tomates em cubos
2 cebolas-roxas em cubos
1 pimentão verde em cubos
50 g manteiga-de-garrafa
Coentro fresco

PREPARO

Frite o alho na manteiga-de-garrafa e na banha, e antes que doure junte o arroz. Mexa bem e deixe o arroz fritar levemente. Nesse momento, adicione o colorau, o caldo (fervente) e a folha de louro e deixe a mistura cozinhar até que os grãos de arroz fiquem macios (mas sem desmanchar). Reserve.

Com o toucinho picado, frite-o levemente em sua próprio gordura. Assim que ele começar a ganhar cor, adicione a linguiça e a carne-seca dessalgada, mexendo por alguns instantes. Reserve.

Na mesma panela, aqueça rapidamente a cebola, pimentão e tomates. Misture todos os ingredientes e finalize com cheiro-verde e manteiga-de-garrafa, acertando o sal.

Receita do chef Rodrigo Oliveira (rendimento: 10 porções)